CONFIGURATION OF THE BRAZILIAN YOUTH AND CHILDREN'S FIELD TENNIS: FIRST DESCRIPTIONS

 

Authors
Silva, Camile Luciane da; Costa, Isabelle Plociniak; Moraes e Silva, Marcelo; Caregnato, Andre Felipe; Cavichiolli, Fernando Renato
Format
Article
Status
publishedVersion
Description

The objective of this paper was to obtain accurate information about the Brazil field tennis landscape. The investigation was characterized as descriptive using the data from the Brazil’s tennis Confederation website (CBT) in the year of 2013; it was cross-examined among the ages of 12 and 18 years for both sexes. The top 200 players of the male category were selected, together with all the female athletes of each age group. The latter ranged between 111 and 162 athletes, totaling 1,341 catalogued athletes. It was noticed that the Brazilian field tennis is basically found in institutionalized sports environments, particularly in private clubs. In conclusion, the study points out that the tennis field in Brazil eventually reproduces the logic of the sports fields regarding distribution by sex. There is also a close connection between the economical and sports spheres, since athletes who come from the South and Southeast regions have a higher probability of development in the sport.
O objetivo do presente estudo é de obter informações detalhadas sobre o Tênis de campo brasileiro. A pesquisa se caracterizou como descritiva utilizando os dados do site da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), no ano de 2013, nas categorias de 12, 14, 16 e 18 anos de ambos os sexos. Foram selecionados os 200 primeiros colocados da categoria masculina e todas as atletas femininas de cada faixa etária, que variaram entre 111 e 162 atletas, totalizando 1.341 dados catalogados. Verificou-se que o Tênis de Campo se encontra basicamente em ambientes esportivos institucionalizados, principalmente em clubes. A título de conclusão o estudo aponta que o Tênis de Campo no Brasil acaba por reproduzir a lógica do campo esportivo no que se refere à distribuição por sexo. Existe também uma proximidade entre as esferas econômica e esportiva, pois atletas que se concentram nas regiões Sudeste e Sul têm uma maior probabilidade de desenvolvimento na modalidade.
O objetivo do presente estudo é de obter informações detalhadas sobre o Tênis de campo brasileiro. A pesquisa se caracterizou como descritiva utilizando os dados do site da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), no ano de 2013, nas categorias de 12, 14, 16 e 18 anos de ambos os sexos. Foram selecionados os 200 primeiros colocados da categoria masculina e todas as atletas femininas de cada faixa etária, que variaram entre 111 e 162 atletas, totalizando 1.341 dados catalogados. Verificou-se que o Tênis de Campo se encontra basicamente em ambientes esportivos institucionalizados, principalmente em clubes. A título de conclusão o estudo aponta que o Tênis de Campo no Brasil acaba por reproduzir a lógica do campo esportivo no que se refere à distribuição por sexo. Existe também uma proximidade entre as esferas econômica e esportiva, pois atletas que se concentram nas regiões Sudeste e Sul têm uma maior probabilidade de desenvolvimento na modalidade.

Publication Year
2017
Language
por
Topic
Field tennis
Clubs
Children and Youth
Tênis de Campo
Clubes
Infanto Juvenil
Fuente
Portal de Revistas UCR
Get full text
https://revistas.ucr.ac.cr/index.php/pem/article/view/26117
Derechos
openAccess
Licencia
Derechos de autor 2017 Marcelo Moraes e Silva, Isabelle Plociniak Costa, Camile Luciane da Silva, Fernando Renato Cavichiolli